Depois de participar da CCXP Tour Nordeste, no Recife, quadrinista britânico retorna para a quarta edição da CCXP, que acontece entre 07 e 10 de dezembro em São Paulo

A CCXP – Comic Con Experience (www.ccxp.com.br), maior comic con do planeta, que reuniu 196 mil pessoas em 2016 e bateu o recorde de público em comic cons no mundo, confirma a presença do artista britânico Glenn Fabry em sua quarta edição, que acontece de 07 a 10 dezembro, no São Paulo Expo. O artista, que acabou de participar da CCXP Tour Nordeste no Recife, retorna ao Brasil e estará no evento todos os dias em uma mesa no Artists’ Alley, área destinada a quadrinistas e ilustradores.

Sua carreira começou em 1985 desenhando Slaine para a 2000 AD, com o escritor Pat Mills, com quem trabalhou também na tira de jornal Scatha em 1987. Seu trabalho seguiu em Crisis, Revolver and Deadline e, em 1991, assumiu a pintura das capas de Hellblazer, então escrito por Garth Ennis.

Continuou o trabalho com Ennis ilustrando capas da série Preacher, da Vertigo, obra que deu origem à série de TV homônima lançada em 2016, além de The Authority e Thor. Em 2003, Fabry desenhou uma história na antologia de Neil Gaiman, Endless Nights, e em 2005 trabalhou na adaptação de quadrinhos da série de TV de Gaiman, Neverwhere, com o escritor Mike Carey.

Glenn Fabry na CCXP Tour Nordeste – abril de 2017

Glenn também trabalhou em Batman, Bloodshot, Creepy, Mad Magazine, Deadpool e muito mais. Seus projetos atuais incluem obras para Neil Gaiman em American Gods e para o diretor Duncan Jones, no novo livro e filme Mute.

“O artista gostou tanto dos fãs brasileiros que resolveu voltar para mais um encontro incrível. Para nós é novamente uma honra poder trazê-lo ao Brasil”, comenta Ivan Freitas da Costa, sócio da CCXP e curador da programação de quadrinhos do evento.

Fabry se junta a Nicola Scott, Ben Templesmith e Bernard Chang, já confirmados do Artists’ Alley de 2017.

%d blogueiros gostam disto: